Busca no Site:
Atos Públicos
 
29/05/2014 - ASSEMBLEIA DOS MORADORES DO RESIDENCIAL RISOLETA NEVES
 

 Aconteceu na noite de terça-feira, 27, no teatro do Campus Santo Antônio (UFSJ), a primeira reunião coletiva com todos os 440 proprietários de apartamentos do Residencial I do Programa Minha Casa Minha Vida. Depois da entrega das chaves, que aconteceu na segunda-feira, agora é a hora de definir questões técnicas e administrativas típicas do tipo de empreendimento imobiliário no qual eles vão residir. Entre vários temas, de alta relevância agora, e também a médio e longo prazos, a escolha do síndico e a definição da taxa de condomínio.

 

Desde o sorteio dos apartamentos, ocorrido em 8 de maio, os contemplados foram convidados a participar de reuniões menores, separados por blocos (prédios), apenas com os novos vizinhos mais próximos. Chamada "Pré-Morar", a etapa inicial ajudou na socialização e trouxe informações técnicas sobre os valores das prestações, regras dos contratos, o que pode e o que não pode, entre outros. Situações atípicas e extraordinárias, mas plausíveis, como por exemplo, morte do titular ou casos de divórcio, também entraram na pauta.

    O programa Minha Casa Minha Vida possui um seguro, que faz cessar a dívida em caso de morte do titular do contrato, tornando o apartamento automaticamente de propriedade dos herdeiros diretos. Como as inscrições ocorreram em 2009, quase cinco anos depois, muitas pessoas também já mudaram o seu estado civil. Alguns se casaram e outros se divorciaram. No programa, as mulheres são as beneficiárias principais. Em caso de separação do casal, a posse do apartamento é da mulher (considerando que, geralmente, ela é quem fica com a guarda dos filhos). Uma exceção é o caso de abandono do lar. Se a esposa abandonar a residência, a titularidade fica com o marido.

 

    Na reunião desta terça-feira, estavam em pauta também a eleição dos Conselheiros Consultivos do Condomínio e a forma de administração do mesmo. Agora, com o início da mudanças e ocupação dos apartamentos, outras questões vão surgir e as decisões já serão tomadas no coletivo. Todos os encontros são dirigidos por Técnicos da empresa ASP, que trabalha juntos aos beneficiários, em parceria com a Caixa Econômica, para ajudar na organização, socialização, fiscalização e mediação de conflitos, até que a própria convivência e experiência, no coletivo, ajude a formação do senso de comunidade no novo bairro.

Fonte: ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA PREFEITURA DE SÃO JOÃO DEL-REI 



Clique para imprimir! Voltar a página inicial! Voltar a página anterior!
 
 
 
 












NUCAVE - Núcleo Campos das Vertentes

AGENCIA BRASIL

www.canilmolossosdecamargos.com.br

FORMULA PARA CÁLCULOS DE JUROS

ACESSE OS RESULTADOS DAS LOTERIAS

Stefan Salej

TURMA DO BUNEKO

Venha se Hospedar na Morada do Sol

Camara Municipal de São João Del Rei

Paulo Rivetti

ATLHETIC CLUB

Unimed São João Del Rei

Fotos dos eventos com cobertura jornalistica de O Raio

 

 

 
  A Empresa | Eventos | Guia de Negócios | Legislação | Destaques | Contato | Mapa do Site
Todos os Direitos Reservados © 2019 DACAF - NOTICIAS E EVENTOS
Jornalista Responsável: Dermeval Antônio do Carmo Filho - MTE 17933MG
 
 
Página inicial Dacaf! Revista O Raio!