Busca no Site:
Eventos
 
Da integração sul-americana
 
Mais de 400 empresários ouviram na FIESP, Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, com muita atenção, o Secretario Geral da UNASUL, ex-Presidente da Colômbia, Ernesto Samper, falar sobre a integração sul-americana. Sete projetos que cruzam a América do Sul de norte a sul, de oeste a leste, foram apresentados como grandes oportunidades de desenvolvimento para a região. E não deixou de ser mencionado que a integração dos governos democráticos é a grande base do desenvolvimento da região.
 
União dos países da América do Sul, a UNASUL, com sede no Equador, é mais um organismo criado recentemente que está procurando o seu lugar ao sol. Aliás, o projeto de sua sede, que foi apresentada nas reunião, é de fazer inveja ao Niemeyer no capítulo da falta de modéstia. Mas, achar que vamos integrar a América do Sul com projetos sonháticos de ferrovias e rodovias e talvez hidrovias, enquanto outro organismo da região, o MERCOSUL, anda moribundo, é muita ousadia.  E mais: como integrar mais a América do Sul, se a infra-estrutura brasileira compete para ser uma das piores do mundo. Então, se vamos falar em integrar a América do Sul, vamos primeiro arrumar o MERCOSUL e integrar os países de várias formas dentro desse conceito.
 
E nessa área vem primeiro a integração energética. Por diversas razões  inexplicáveis, essa integração, mais especificamente entre Brasil-Argentina-Paraguai, anda abaixo da sua capacidade de atender as metas de desenvolvimento e competitividade das econômicas da região. A segunda integração em que poderíamos pensar é a de telecomunicações. Os países não têm  um programa comum bem sucedido de lançamento de satélites de comunicações e infra-estrutura que diminua a importância dos Estados Unidos nas nossas comunicações.
 
O mesmo aliás  vale para a integração do transporte aéreo. O melhor caminho para ir a qualquer país  latino-americano é via Miami. E se Miami fecha os computadores pelos quais passa a internet e fecha o aeroporto, a América Latina volta para século do descobrimento. E como se isso não bastasse,a integração precisa de projetos e financiamentos.  O governo que provocou a crise daPETROBRAS, provocou a crise das empresas de engenharia. E a crise do financiamento. A não ser que estejamos fazendo tudo isso para facilitar que o Cavalo de Tróia que os chineses estão trazendo na próxima semana realmente derrote a engenharia brasileira de vez. Nada ao acaso, tudo bem pensado!
 
Stefan Salej
Consultor internacional, ex Presidente da FIEMG  e SEBRAE
 
 
 


Clique para imprimir! Voltar a página inicial! Voltar a página anterior!
 
 
 
 












Unimed São João Del Rei

ATLHETIC CLUB

ACESSE OS RESULTADOS DAS LOTERIAS

Paulo Rivetti

FORMULA PARA CÁLCULOS DE JUROS

Camara Municipal de São João Del Rei

Stefan Salej

TURMA DO BUNEKO

Fotos dos eventos com cobertura jornalistica de O Raio

www.canilmolossosdecamargos.com.br

NUCAVE - Núcleo Campos das Vertentes

Venha se Hospedar na Morada do Sol

AGENCIA BRASIL

 

 

 
  A Empresa | Eventos | Guia de Negócios | Legislação | Destaques | Contato | Mapa do Site
Todos os Direitos Reservados © 2018 DACAF - NOTICIAS E EVENTOS
Jornalista Responsável: Dermeval Antônio do Carmo Filho - MTE 17933MG
 
 
Página inicial Dacaf! Revista O Raio!