Busca no Site:
Eventos
 
Da gorjeta
 
 
Quem ainda não recebeu um pedido extra de ajuda financeira por um serviço obrigatoriamente prestado? Ou traduzindo: quem ainda não deu uma gorjeta extra  para ter um favor, um problema resolvido ou um negócio fechado? Um policial que entra no bar, no açougue ou na padaria e acha que não precisa pagar e depois chama a vigilância sanitária alegando má qualidade da comida porque cobraram a conta. Ou o fiscal, e haja fiscal neste nosso Brasil, que prefere que você lhe pague o prêmio de produtividade que ele vai receber de qualquer maneira e faz o favor de dividir com você em vez de esperar alguns anos para receber. E os guardas de trânsito e suas multas. Famoso quebra galho. E mais e mais histórias pelo Brasil afora que aumentam o custo de vida, que permite a alguns criarem dificuldades para gerar facilidades.
 
Esse escândalo da Petrobras é no fundo  o desenvolvimento sofisticado de uma cultura da gorjeta, do quebra-galho e de uma ampla aceitação, por todos nós, de que as coisas funcionam assim, e sem jeitinho nada anda. E não anda mesmo! Quem já tentou se contrapor a essa ordem sabe bem das consequências e do sofrimento que teve! Mas, não é só no serviço público, seja de qual natureza for, que, como mostram os escândalos mais recentes, as coisas acontecem. Em muitas empresas privadas, a cultura da corrupção se sobrepõe à cultura da transparência e da honestidade. E, por incrível que pareça, a coisa está pior nas empresas estrangeiras do que nas brasileiras. Os espanhóis, na área elétrica então, são um horror. Desde que a empresa dê lucro e satisfaça a matriz, o que fazem os diretores por aqui nos ganhos extras não tem problema. É sim injusto neste mundo de corruptos e corruptores dizer que só os políticos, só os funcionários públicos, só as empresas públicas e só os brasileiros são parte desse  mundo modestamente chamado da gorjeta e do quebra galho. Todos o são, sem exceção, e todos colaboram para isso.
 
Enquanto milhões se deliciam e aplaudem na TV as ações contra os grandes corruptos, sejam do mensalão ou da Operação Lava Jato, o resto continua. A corrupção diária, ou melhor, de minuto a minuto, que acontece e da qual participamos, continua. Só vai mudar com a aplicação da legislação e a crença de todos nós de que o Brasil, e você nele, pode crescer e se desenvolver, sem jeitinho e sem quebra galho e sem gorjeta. Quando os empresários e empreendedores enxotarem os fiscais e compradores das empresas grandes que pedem adicional (antigamente tinha até código de colocar a mão no peito e com os dedos mostrar quanto queria de comissão ) e acreditarem que podem crescer assim mesmo. E quando o cidadão exigir dos políticos e de todos uma forma diferente de agir. E também assumir o erro e pagar a multa quando errado em vez de resolver com jeitinho
 
E onde ensinam isso tudo mesmo? Na escola, na igreja, nas entidades de classe, na família? Onde você  aprende a ser diferente?
 
STEFAN SALEJ

Como empresário foi fundador de Tecnowatt Iluminação e Selpe- Seleção de pessoal entre outras empresas. Membro de vários Conselhos de empresas privadas e órgãos governamentais como Capes e CNPQ. ex- presidente do  Conselho do Sebrae MG; da Federação das Indústrias de Minas Gerais, FIEMG; Vice Presidente da CNI; professor universitário; Enviado especial ( Embaixador) do Governo da Eslovénia para América Latina; Diretor geral do Centro internacional para empresas públicas da ONU; palestrante e autor de artigos e publicações no Brasil e no exterior; condecorado pelos Governos do Brasil e de  Minas e no exterior; formado em administração de empresas, post graduado em ciência política e marketing internacional.
 


Clique para imprimir! Voltar a página inicial! Voltar a página anterior!
 
 
 
 












Stefan Salej

NUCAVE - Núcleo Campos das Vertentes

FORMULA PARA CÁLCULOS DE JUROS

Paulo Rivetti

ATLHETIC CLUB

Camara Municipal de São João Del Rei

www.canilmolossosdecamargos.com.br

AGENCIA BRASIL

ACESSE OS RESULTADOS DAS LOTERIAS

Fotos dos eventos com cobertura jornalistica de O Raio

Venha se Hospedar na Morada do Sol

TURMA DO BUNEKO

Unimed São João Del Rei

 

 

 
  A Empresa | Eventos | Guia de Negócios | Legislação | Destaques | Contato | Mapa do Site
Todos os Direitos Reservados © 2018 DACAF - NOTICIAS E EVENTOS
Jornalista Responsável: Dermeval Antônio do Carmo Filho - MTE 17933MG
 
 
Página inicial Dacaf! Revista O Raio!