Busca no Site:
Eventos
 
Da Ebola em nossa casa
 

O mundo inteiro só fala em Ebola, doença ainda incurável que assola parte da África e esteve na origem da morte de mais de dez mil pessoas. Tanto a Europa como os Estados Unidos só começaram a se preocupar com ela quando apareceram os primeiros doentes nos seus próprios países e não eram negros africanos. E também aí descobriram, mais uma vez, que ainda não desenvolveram remédios para essa doença terrível e mortífera. As medidas de prevenção, que incluem o envio de tropas militares norte-americanas à África, isolamento de passageiros  vindos daquele continente e mais  isolamento de pacientes suspeitos, são o único disponível. A cura, que depende de pesquisa e fabricação, ainda demora e esperamos que a doença seja pelo menos limitada, se não isolada, para não se tornar uma epidemia como foi a peste negra há um século atrás, que dizimou gente tanto na Europa como nos Estados Unidos.

No Brasil, não é preciso ter muito receio dessa doença. Se vier algum doente a ser descoberto, as autoridades sanitárias têm condições de fazer o necessário isolamento e provavelmente estancar a propagação da doença. Nesta hora, ajuda a crença de que deus é brasileiro..

Mas, a principal razão de reduzir a nossa preocupação com a ebola é que a ocorrência na área de doenças e epidemias no Brasil é muito forte. Entrando o calor e as chuvas, mesmo com a seca que temos em algumas regiões, a dengue agora com um novo companheiro, com nome esquisito, dominam e mantêm as nossas populações bem ocupadas. Quem não teve e não conhece alguém que já teve dengue? As cidades estão hoje ocupadas por mosquitos e, mesmo após a campanha eleitoral, onde a saúde poderia ter sido um dos mais importantes itens da nova agenda, continuam vulneráveis, com suas populações.

Dengue, doença de Chagas, tuberculose, da qual poucos se gabam e que está presente em grande escala na população brasileira, são só algumas doenças que estão, junto com a AIDS, fazendo  parte da condição de saúde do brasileiro. E aí vem a pergunta, porque? É questão do biotipo de população ou do desenvolvimento econômico que gera essas doenças, o clima do país, ou que diabo é isso que temos, por exemplo, a doença de Chagas já há séculos e não a eliminamos e que não damos conta da dengue. E vale a pena lembrar aqui que conseguimos eliminar a terrível pólio.

Entre as inúmeras respostas, está a questão da prioridade política para combater essas doenças. Não do pessoal em Brasília, mas na sua comunidade. Esgoto, canalização, água, tudo o que vem por baixo da terra não interessa aos políticos fazer porque o investimento é alto e dizem que não aparece. Trocar esgoto por iluminação é iluminar a desgraça, mesmo que isso gere certo conforto e segurança. A água, que está faltando para quem a tem, falta muito mais para quem não a tem e não  vai ter tão cedo.

E se não se resolver esses problemas, dificilmente vão se resolver os problemas das doenças. A isso se deve também acrescentar a prioridade da pesquisa médica para a saúde pública. Custa dinheiro, é demorada e é dever público. Mas, é dever do cidadão cobrar do seu político, vereador, prefeito, deputado e outros as soluções e prioridades.

Dengue é com você,companheiro!

Como empresário foi fundador de Tecnowatt Iluminação e Selpe- Seleção de pessoal entre outras empresas. Membro de vários Conselhos de empresas privadas e órgãos governamentais como Capes e CNPQ. ex- presidente do  Conselho do Sebrae MG; da Federação das Indústrias de Minas Gerais, FIEMG; Vice Presidente da CNI; professor universitário; Enviado especial ( Embaixador) do Governo da Eslovénia para América Latina; Diretor geral do Centro internacional para empresas públicas da ONU; palestrante e autor de artigos e publicações no Brasil e no exterior; condecorado pelos Governos do Brasil e de  Minas e no exterior; formado em administração de empresas, post graduado em ciência política e marketing internacional.



Clique para imprimir! Voltar a página inicial! Voltar a página anterior!
 
 
 
 












ACESSE OS RESULTADOS DAS LOTERIAS

Paulo Rivetti

Stefan Salej

www.canilmolossosdecamargos.com.br

Venha se Hospedar na Morada do Sol

TURMA DO BUNEKO

Unimed São João Del Rei

Camara Municipal de São João Del Rei

Fotos dos eventos com cobertura jornalistica de O Raio

NUCAVE - Núcleo Campos das Vertentes

ATLHETIC CLUB

AGENCIA BRASIL

FORMULA PARA CÁLCULOS DE JUROS

 

 

 
  A Empresa | Eventos | Guia de Negócios | Legislação | Destaques | Contato | Mapa do Site
Todos os Direitos Reservados © 2018 DACAF - NOTICIAS E EVENTOS
Jornalista Responsável: Dermeval Antônio do Carmo Filho - MTE 17933MG
 
 
Página inicial Dacaf! Revista O Raio!